Filmes Cult: Old Boy

Olá pessoas que curtem um filme cult. E as vezes se acham superiores àqueles que preferem um bom e velho clichê hollywoodiano (tá tudo bem, eu também sou assim). Sabendo que filmes cults são ótimos e que é difícil achar alguém pra discutir sobre ele depois, resolvi comentar todo filme cult que eu assistir e postar aqui.

O primeiro comentário vai ser sobre Old Boy.  Nunca assistiu? Não sabe o que tá perdendo! Sério. Já até citei esse filme na minha lista de Melhores filmes com Plot Twist.

Lembrando que o filme Old Boy que estou me referindo é a versão original sul coreana de 2003. Ainda não assisti o remake, mas estou inclinada a acreditar que o original é melhor.

Oh Dae Su é sequestrado após uma noite de bebedeira, e mantido em cárecere privado por longos 15 anos sem saber quem o prendeu, ou o porquê. Em companhia apenas de uma televisão, ele acompanha os noticiários e vê que sua esposa foi assassinada e que ele é um potencial suspeito. Durante os anos presos ele inicia um treinamento para conseguir fugir e se vingar de quem o sequestrou. Quando ele é liberto 15 anos depois, ele tenta recuperar o tempo perdido iniciando uma busca por sua filha e pelo seu sequestrador, com a ajuda de Miido, uma cozinheira de sushi por quem ele acaba se apaixonando. Quando ele consegue descobrir quem o prendeu, inicia-se então um jogo, no qual ele tem apenas 5 dias para descobrir o porquê, ou o sequetrador mataria Miido.

O filme tem muitas cenas de ação. Muita luta. Morte. Com o roteiro baseado num mangá homônimo que faz parte da Trilogia da Vingança,  acho que toda violência que tem em cena faz jus à história.

A versão original de Old Boy foi lançada em 2003 e dirigida por Park Chan-wook. Em 2013 foi lançada uma versão americana do filme com o nome de Old Boy: Dias de vingança, dirigida por Spike Lee.

Quando eu assisti esse filme fiquei com um verdadeiro nó na cabeça. Parei pra pensar nele por pelo menos uns 10 minutos. E passei o resto da semana tendo flashs. Ele mistura romance, ação e um roteiro bem escrito no medida certa.

Sabe quando dizem que vingança é um prato que se come frio? Essa frase faz todo sentido em Old Boy. Não vou entregar o filme todo, mas a real vingança não é a que Oh Dae Su faz, e sim a que ele sofre passando tantos anos presos e ainda passando por tantas coisas após ser liberto. E é uma vingança muito bem eleborada, tão bem elaborada que a motivação se torna algo – podemos dizer – simples.

Vale muito a pena assistir esse filme, até mesmo pra sairmos do padrão de filmes que dominam os cinemas. Você já viu um filme sul coreano? Eu também não tinha assistido, e fiquei muito surpreendida!

Bônus: Há uma frase que estva escrita no quadro que ficava pendurado no quarto que Oh Dae Su ficou preso, e ele sempre a repetia: Ria e o mundo rirá com você. Chore e chorará sozinho.

Beijos!

Anúncios

Sobre o filme 10 Coisas que Odeio em Você

Não canso de falar de amorzinhos meus e esse filme com certeza é um! ❤

Asssti muito esse filme quando tinha entre 13/16 anos. E posso afirmar que ele me influenciou muito a gostar de cinema, principalmente das comédias românticas.

Sinopse: O filme de 1999 conta a história de Cameron (Joseph Gordon-Levitt) que acaba de chegar a uma nova escola e já se apaixona por Bianca (Larisa Oleynik), mas o pai da moça é muito rígido e tem a regra de que ela só pode namorar quando sua irmã mais velha tambem namorar. Acontece que a irmã de Bianca é Kat (Julia Stiles): a megera da escola. Kat é antissocial e orgulhosa, total oposto de sua irmã que é meiga e popular. Surge então um problema para Cameron, mas junto com seu amigo Michael (David Krumholtz) eles tramam o plano perfeito e acham o cara ideal para sair com Kat: o misterioso bad boy Patrick Verona (Heath Ledger).

Havia muito tempo que eu tinha visto esse filme, mas bateu saudade e tive que assisti-lo novamente. E não foi diferente, me mentive apaixonada pela história. O filme é baseado na peça “A Megera Domada” de Shakespeare, ainda não li essa peça dele, mas depois de rever o filme fiquei com muita vontade de ler.

Como eu disse na sinopse, a trama toda acontece por causa do casal Cameron e Bianca, mas eles estão longe de ser o melhor casal do filme. Kat e Pat são tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos que não sobra espaço pra outros casais. A resistência dela para se envolver e a persistência dele para conquistá-la faz surgir a cena mais fofa do filme. Patrick (Heath Ledger) cantando a música “Can’t take my eyes off you” na quadra da escola diante durante uma aula de educação física.


Como não amar? ❤

Bônus: o poema que a Kat faz como trabalho escolar e que é uma indireta (bem direta) pro Pat. Tão fofo!

401059_343385785683090_1762564808_n_large

 

Beijos e muito “I love you, baby” pra vocês!

Músicas que achei nos filmes

Sabe quando você tá tranquila vendo um filme e ouve uma música perfeita e não sossega até ter essa música e ouvir ela eternamente? Então, eu faço muito isso rsrs

Algumas músicas me marcam pelo filme, ou apenas porque é muito boa mesmo. Então eu começo uma super operação pra identificar o nome da música (eu sei que tem Shazam, mas é mais legal ir pelo modo difícil), procuro a trilha sonora do filme, ou pesquiso por um trecho da letra, e quando encontro, aaaah quando encontro, ouço para sempre!

Por isso resolvi fazer uma listinha das músicasque sofri um pouco pra encontrar depois do amor a “primeira ouvida”.

1. Closing Time – Semisonic

Essa música é muito amorzinho pra mim. Ela é trilha do filme Amizade Colorida (que é meu filme preferido ❤ ). O Dylan (Justin Timberlake) canta essa música o filme todo sempre errando o nome da banda. O toque do celular da Jamie (Mila Kunis) é o refrão dessa música (talvez o do meu celular também seja rsrs). E o grande final do filme é ao som dessa música. Falando assim parece que só toca Closing Time no Amizade Colorida rsrs.

2.We belong – Pat Benatar

Estava eu tranquilamente assistindo A Escolha Perfeita 2, quando começa a cena mais engraçada ft. fofa ft. romântica do filme. Não deu outra, tive que procurar essa música assim que o filme acabou.

3. FlashLight – Jessie J

Se você assistiu A Escolha Perfeita 2 sabe como essa música é incrivelmente interpretada pelas Barden Bellas. Essa cena me fez chorar muito, foi tão lindo! E o melhor? Eu não fiz uma busca desenfreada pela música (uma excessão pode, né?) porque quando o filme terminou procurei a música do tópico acima. Mas acontece que no outro dia tava ouvindo música no meu celular e começou a tocar Flashlight. Como sou chorona, chorei de novo! E até hoje não sei como eu já tinha essa música no celular.

4. Earned It – The Weeknd

Podem falar o que for de 50 Tons de Cinza, mas eu sou muito fã mesmo! Do tipo que foi ver o filme no cinema e já sabia as falas de cor de tanto ver os trailers kkk

O clipe dessa música saiu antes do filme, e tinha uma participação da Dakota Jhonson. Na verdade o clipe não faz jus à música. Mas a música… Me faz suspirar sempre que ouço.

5. I Have Nothing – Whitney Houston

Eu já tinha visto o filme O Gurada Costas há muitos e muitos anos atrás. Em uma bela noite que necessitava de romance resolvi revê-lo. A Whitney está tão diva no filme, e minha percepção foi totalmente diferente da primeira vez que vi o filme. Resultado? Apaixonada pela música I Have Nothing. E essa música me deixa tão triste… Passei uma semana ouvindo apenas ela e chorando pelo filme. Mas já estou melhor, obrigada.

Gostaram das músicas? As vezes uma boa trilha faz toda diferença num filme, né?

Beijos e muitas buscas por músicas perfeitas!

Melhores comédias pra assistir no feriadão

“Pega a metralhadora e trá trá trá trá, as que comandam vão no trá trá trá”

Chegou carnaval. Animação. Bloco. Festa. Urruuul!

Mas se você está mais a fim de ficar em casa esse feriadão vendo filmes não precisa ficar na bad, não é mesmo? Por isso fiz uma lista com as melhores comédias pra assistir nesse feriadão e se divertir tanto quanto quem tá nas ruas pulando carnaval.

1. American Pie (todos)

American Reunion

Lembro perfeitamente quando os filmes da franquia passavam na tv e eu não podia assistir porque era muito nova. Eu ficava super chateada. Então foi só eu ficar mais velha um pouquinho que fiz uma maratona de American Pie. Eu ri feito uma hiena solitária por horas e horas kkkk’

A franquia American Pie é composta por oito filmes hilários. Dá pra você assistir todos durante o feriado e ainda sobra tempo pros outros da lista! O primeiro filme foi lançado em 1999 e o mais recente em 2012, e não há nenhuma informação sobre um próximo filme. Que pena, né?! Podiam ter mais spin-off’s. Eu não reclamaria! Kkk’

2. Os 6 Ridículos (2015)

Como o próprio nome sugere, Os 6 Ridículos conta a história de 6 irmãos bem ridículos mesmo. Eles não se conheciam mas acabam se unindo para salvarem a vida do pai.

Você entende o nível do filme quando percebe que o Adam Sandler interpreta o mais sério dos personagens. O filme promete muita risada e cumpre isso muito bem. Ele satiriza os filmes de faroeste misturando cenas de ação e tiroteio no meio de todas aquelas piadas.

3. Kingsman (2015)

Um jovem problemático conhece um amigo do seu pai e este lhe apresenta a uma agência de espionagem. E aí começa todo o desenrolar da história. Satirizando filmes sobre espionagem como 007, Kigsman ficou como uma das maiores bilheterias de 2015. E não é pra menos. O filme tem cenas de ação, gadgets insanos e uma história inteligente. O humor vem na medida certa. E em momento algum é apelativo.

O filme termina e você já começa a imginar uma continuação ou como seria você brincando com um dos gadgets do filme kkkk’

4. Pixels (2015)

As críticas não foram muito gentis com Pixels. A história é bem viajada mesmo. Alienígenas que atacam a Terra usando como arma persongens de jogos que fizeram sucesso nos anos 70? Oi?

A história não é a melhor parte do filme, mas ele é bem engraçado, e as cenas de ação são bem interessantes. Afinal, não é sempre que vemos humanos lutando com pixels, né?

Adam Sandler, Kevin James e Peter Dinklage são um elenco de peso também. Não dá simplesmente ignorar esse filme sem assistir pelo menos uma vez.

5. Eurotrip (2004)

O filme conta a história de Scott que viaja até a Europa com seus amigos para encontrar uma garota que ele conheceu pela internet. Amigos, viagem, Europa. Esse pacote só pode trazer muitas loucuras, né?! E é isso mesmo!

Eles se metem em muitas confusões até encontrar a garota. E o quando o encontro acontece… Bom, assistam! Só posso adiantar que acontece a cena mais engraçada do filme inteiro!


(Não achei nenhum trailer legendado ou dublado, mas até que dá pra entender.)

Amo todos esse filmes e posso citar mais alguns como: Virgem em Apuros, Se Beber Não Case, Minha mãe é uma Peça, Superbad, Muita Calma Nessa Hora e muitos outros. O que não falta é filme pra fazer a gente rir e não cair na bad. Afinal, é Carnaval!!!

Beijos e muitas risadas!

 

 

Como Eu Era Antes de Você [Trailer]

Sabe aqueles livros que você lê a sinopse e morre de amores? Fui eu com Como eu era antes de você. O tipo de história que eu amo, que me toca, que me faz chorar. E foi nesse ponto exato que eu parei.

Eu me entrego a uma história nova de peito aberto. Perdi as contas de quantas vezes chorei no ônibus/metrô enquanto lia um livro. Eu tive certeza que choraria horrores lendo este livro. Que ficaria por uma semana inteira na bad por causa disso. E adiei a leitura. Acabei um livro, acabei outro, outro, e outro e não li o livro até hoje kkkk

Então o trailer do filme saiu ontem (03/02/2016) e tive coragem de assistir. E eu estive certo todo esse tempo por não ler o livro. Depois do trailer sentei no canto do quarto e chorei em posição fetal por longas duas horas (rolou um pequeno exagero kkk). Eu fiquei tão triste que não consegui escrever sobre ele ontem. Fazer o que, rolou empatia com a história e eu desprezei, então a história veio a mim novamente kkkk

Se acha que é exagero meu toda essa história, veja o trailer e tire suas próprias conclusões:

E aí, exagerei muito? Sejam sinceros kkk
Beijos e nada de lágrimas pra vocês!

Filmes românticos pra curtir a TPM

Ao contrário do que muitos pensam a TPM não é apenas um período desesperador pra uma mulher. Temos que conviver com ela todo mês, então porque não aprender a conviver com ela? Eu procuro o filme ideal, e pego um pote de sorvete ou uma panela de brigadeiro e sobrevivo a este período muito bem, obrigada!

E como sou o muito viciada em filmes românticos, é bem difícil pra mim escolher um que nunca vi. Então acabo vendo o mesmo filmes várias, e várias e várias vezes.

Resolvi então fazer uma lista com os melhores e que são sempre uma opção pra mim:

1.  Amizade Colorida

2

Sem sombra de dúvidas ele é meu filme preferido. Mistura amor, amizade e comédia. Como o nome sugere eleconta a história de um casal de amigos que resolvem colorir as coisas e fazer sexo sem compromisso. Claro que a história é previsível, eles acabam se apaixonando e precisam lidar com isso. Mas o jeito que o Justin Timberlake e a Mila Kunis levam essa história é excelente (e há quem critique a interpretação do Justin nesse filme). Ótimo ritmo e tem o tom certo de comédia. Me deu até vontade de ver de novo rsrs.

2. Simplesmente Amor

k

Esse filme pra mim é super amorzinho. Morro de amores por ele. No filme é possível acompanhar várias histórias que se interligam de alguma maneira. Temos o Hugh Grant como o Primeiro Ministro que acaba se apaixonando pela empregada. E o Colin Firth que foi traído pela mulher e resolve recomeçar a vida em outro país. E o melhor? Tudo isso acontece na época do Natal! Não tem como não amar esse filme ❤

3. O Diário de Bridget Jones

zellweger-2001

Ser romântica é algo naturalmente meu, mas se por acaso preciso me reconectar a este meu lado ou preciso acentuá-lo um pouco mais, procuro minha amiga Bridget Jones. Sim, ela é minha amiga e não aceito que digam o contrário.

Bridget é uma solteira de 30 anos que resolve ajeitar sua vida escrevendo um diário. As coisas se complicam quando há uma crise no casamento de seus pais e ela acaba se envolvendo com o chefe. A Bridget é tão gente como a gente, e passa longe daquele padrão de mulher perfeita que pintam nos filmes de comédia romântica.

4. Sexo Sem Compromisso

no-strings-attached-banner

Nossa, mas dois tipos de filme na mesma lista? Sim! E se reclamar vai ter mais!

Me julguem, mas pra mim, uma digna história de amor nasce de uma bela amizade. Gay? Sim. Mas esse tipo de história me ganha muito fácil.

Sexo Sem Compromisso traz Natalie Portman e Ashton Kutcher que começam a transar com o pacto de não estragar a amizade e não evoluírem para um relacionamento amoroso. Óbvio, como todos sabemos, não dá certo. Eles acabam se envolvendo e… Bom, assista e saberá! Rsrs

5. Ele não está tão a Fim de Você

20272508

Sabe aquele filme que te traz um ensinamento que você vai levar pra toda vida? Foi assim esse filme pra mim. Quando o personagem do Justin Long ensina para a personagem da Ginnifer Goodwin que “ela não é a excessão, ela é a regra”. Me faz mudar tudo que eu já havia pensado sobre relacionamentos. Não entendeu a ideia? Assista! Você vai ver que as vezes homens entendem um pouco sobre relacionamentos.

Esse filme traz várias histórias que de algum modo estão ligadas. Mostrando como as situações são diferentes para cada pessoa. Super fofo, e muito didático!

Esse é meu top 5 de filmes que assito quantas vezes forem necessárias sem que me canse. E sempre que vejo me sinto melhor, afinal, nem toda história de amor precisa ser triste e dramática. As vezes leve e romântica já é suficiente pra me fazer sobreviver à TPM!

Beijos e muito chocolate e romance na vida de vocês ❤